Telefone para Contato: (67) 3323-1700

O Auxiliadora investe no Programa da Escola da Inteligência para educar emoções

18/04/2018

    Programa é inserido como disciplina e conquistou instituições no País como forma de potencializar mentes saudáveis e brilhantes
    Em uma sala cheia de almofadas enormes e coloridas, em dia normal de aulas no Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, os alunos conversam de maneira bem descontraída sobre assuntos que normalmente não têm vez na rotina da maioria das escolas.
    Com a mediação de dois professores, eles falam durante 1 hora de emoções, de vontades e de frustrações que pensam ser só deles. De repente, começam a perceber relatos comuns entre os colegas e entendem que são mais parecidos do que imaginavam. Assim, vão se fortalecendo como grupo e crescendo emocionalmente. Não há mais colega isolado ou inferiorizado diante dos outros. Todos ganham o mesmo poder de decisão.
No Auxiliadora, uma vez por semana, as aulas do Programa Escola da Inteligência fazem pelas crianças o que o ensino formal não consegue em anos de apostilas, exercícios e provas. O programa amadurece os sentimentos, equilibra a afetividade e desenvolve a mais importante das habilidades quando a questão é qualidade de vida e futuro promissor: a inteligência socioemocional.
Criado pelo psiquiatra, psicoterapeuta e pesquisador Augusto Cury, o programa entrou na grade curricular do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora em 2018, mas atualmente atende mais de 200 mil alunos em escolas privadas e públicas no Brasil.
    Conquistou as grandes instituições do País como plataforma para desenvolver mentes brilhantes, que atinjam pleno senso de observação, potencializem a capacidade de se reinventar a cada derrota, de pensar a médio e longo prazo, de trabalhar perdas e frustrações sem prejuízos.
     Para funcionar, o Programa está inserido como disciplina desde os anos iniciais, inclusive, com materiais didáticos impressos, ferramentas audiovisuais, avaliações periódicas e, principalmente, formação continuada dos professores de todas as matérias regulares.
     A metodologia é pensada para cada faixa etária e trabalha Neurociência, Psicologia e Filosofia. Utiliza uma linguagem própria para cada turma tornando as aulas dinâmicas. Todo trabalho desenvolvido é acompanhado e avaliado por uma coordenadora regional.
    A família também é parte importante nesse processo e participa de reuniões de estudos a cada dois meses, para aprender sobre o funcionamento da mente, sobre os comportamentos humanos e com isso colaborar ao lado da escola na formação integral dos filhos, desde a Educação Infantil ao Ensino Médio.
    No último encontro, cerca de 500 pais participaram. "Tivemos o prazer de ser contemplados com a Escola da Inteligência. A educação das emoções facilita a aprendizagem", comenta Giane da Costa Lima Rezende Salgado, mãe de aluna da 3ª série do Ensino Médio.
   Além de formar alunos fortes, preparados para aprender, independente das adversidades pelo caminho, o Programa cria pessoas seguras, com autoestima elevada dessa forma melhora os índices de aprendizagem, reduz a indisciplina em sala de aula e aprimora as relações interpessoais.
   "Após algumas aulas, vejo uma melhora progressiva dentro da sala de aula, na conversa com os meus colegas e professores, na forma de expor minhas ideias, de tirar minhas dúvidas", comenta João Pedro Cristado, aluno da 2ª série do Ensino Médio.
   Com o Programa Escola da Inteligência, o Colégio Nossa Senhora Auxiliadora mais uma vez inova em Campo Grande e sai na frente, por acreditar que trabalhar as emoções é condição indispensável para a formação integral do aluno, como prevê a BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e o PNE (Plano Nacional de Educação).
    Os coordenadores estão à disposição para atender pais e responsáveis interessados em saber mais sobre a Escola da Inteligência e repassar outras informações sobre a metodologia da instituição.

Fonte: Coordenação de Comunicação e Marketing

Galeria de Imagens

Topo